Sobre contar o tempo, enquanto não vamos para casa

imagem de Natalia Zaratiegui http://www.behance.net/nataliazaratiegui

Às vezes, talvez a maioria delas, eu me esqueço que estou aqui de passagem. Me esqueço que por mais esforço, amor e dedicação que eu coloque em tudo o que eu faço, e também no que eu sou, aqui é transitório. É de passagem. Parte de um todo que eu sequer consigo imaginar.

O tempo, assim como o homem, é paradoxal, pois, o tempo aqui, nesse mundo, é o e o Ainda Não. Como numa espécie de sobreposição, vivemos esse tempo: ora cheio de alegrias e satisfações, ora repleto de perguntas e tristezas.

Mas, como podemos aprender a contar o tempo verdadeiramente? Porque a Vida, vez ou outra, nos lembra que ela passa depressa, e nós voamos! (Sl 90:10). Que somos neblina e que existimos por um pouco de tempo e depois nos dissipamos (Tg 4:14).

Como aprender a nos despedir, daqueles a quem amamos, sem dar aquele adeus definitivo, mas, saudar com um: até breve, nos vemos logo mais?!* Porque a Vida, também nos lembra da Esperança. Aliás, é ela quem nos dá a verdadeira Esperança, nos prometendo a tão sonhada Nova Jerusalém.

Na música Felicidade, de Marcelo Jeneci (obrigada Nathan Queija, por me lembrar dessa música para tal contexto), também encontro algumas dicas sobre esse paradoxo que é viver entre alegrias e tristezas. Entre o sol e a chuva. Entre encontros e desencontros. Pois, é melhor viver, meu bem, pois, há um lugar em que o sol brilha pra você. Chorar, sorrir também e depois dançar na chuva quando a chuva vem.

Que possamos seguir pedindo por sabedoria para contar nossos dias (Sl 90:12), enquanto, não vamos para casa, para a nossa verdadeira casa. E, com isso, não desanimemos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno (2Co 4:16-18).

* Mi(chele), que privilégio ter te conhecido, ainda aqui: nesse tempo e espaço. E ter compartilhado um pouco das descobertas da vida contigo. Obrigada por me ensinar a ver a vida com mais pureza e simplicidade. Sim, é possível! Uma pena eu não ter te dito isso, mas, quem sabe aí, nesse outro mundo, eu não tenha essa oportunidade?! Um até logo, nos vemos em breve.

Felicidade
Marcelo Jeneci

Haverá um dia em que você não haverá de ser feliz
Sentirá o ar sem se mexer
Sem desejar como antes sempre quis
Você vai rir, sem perceber
Felicidade é só questão de ser
Quando chover, deixar molhar
Pra receber o sol quando voltar

Lembrará os dias
que você deixou passar sem ver a luz
Se chorar, chorar é vão
porque os dias vão pra nunca mais

Melhor viver, meu bem
Pois há um lugar em que o sol brilha pra você
Chorar, sorrir também e depois dançar
Na chuva quando a chuva vem

Melhor viver, meu bem
Pois há um lugar em que o sol brilha pra você
Chorar, sorrir também e dançar
Dançar na chuva quando a chuva vem

Tem vez que as coisas pesam mais
Do que a gente acha que pode aguentar
Nessa hora fique firme
Pois tudo isso logo vai passar

Você vai rir, sem perceber
Felicidade é só questão de ser
Quando chover, deixar molhar
Pra receber o sol quando voltar

Melhor viver, meu bem
Pois há um lugar em que o sol brilha pra você
Chorar, sorrir também e depois dançar
Na chuva quando a chuva vem

Melhor viver, meu bem
Pois há um lugar em que o sol brilha pra você
Chorar, sorrir também e dançar
Dançar na chuva quando a chuva vem

Dançar na chuva quando a chuva vem
Dançar na chuva quando a chuva
Dançar na chuva quando a chuva vem

 

 


Carolina Selles é apaixonada por cores, histórias e sabores, é designer, graduada em Arte & Tecnologia e uma das idealizadoras do Santa Paciência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s