Ela, o amor e o Amor

Nasceu antes do tempo
Invertendo, assim, as prioridades
Mudou a direção do vento
E inaugurou difíceis verdades

O amor, distante
Pressuposto constante
Ela se esforçava para merecer

Sem perceber, crescia insegura
E por mais que do amor estivesse sempre à procura
Tinha um oco escavado no ser

Foi por isso que custou a crer
Quando Amor lhe foi ofertado
Tão habituada estava a nada valer
Que achou em si um coração amputado

Mas o Amor era insistente
Irresistível, incondicional e profundo
Curou a secura latente
E criou também nela um amor pelo mundo

 


Luciana Mendes Kim trabalha como educadora, é amante da literatura, sonha um dia escrever livros e aprender a tocar acordeão. É também uma das idealizadoras do Santa Paciência.

Um comentário sobre “Ela, o amor e o Amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s