Meu quarto escuro

Há algum tempo, meu marido tem lamentado a falta de amigos próximos. Como nos mudamos há pouco meses, ainda não deu tempo para ele – homem tímido que é –  construir vínculos novos e fortes. Mas como eu disse a ele, as amizades virão a seu tempo.

Entretanto, enquanto eu refletia nessas coisas com ele, percebi que, mesmo que comigo esteja acontecendo o oposto – tenho feito ótimas amigas aqui -, existe um ponto cego nessas relações, um lugar onde o olhar das minhas amigas, por mais sincero e atento que seja, não alcança. E é exatamente nesse ponto cego que me encontro hoje.

Penso que podem ser inúmeras as questões que nos levam para esse lugar de solidão: um complexo antigo, um segredo indigno, uma angústia sufocante, uma dúvida perseguidora. Fazemos uma lista mental de pessoas que talvez tenham o potencial de nos ajudar, mas vamos eliminando uma a uma, quando imaginamos as possíveis reações. Então, vamos nos encolhendo de vergonha e medo, até percebermos que estamos num quarto escuro, sem porta ou janela alguma.

Ao chegar nesse ponto da conversa com o meu marido, concluí: David, você tem buscado amigos e eu tenho muitas amigas, porém carregamos questões tão profundas, que só Deus é capaz de compreendê-las por inteiro. E é essa realidade que nos torna iguais neste momento da nossa vida.   

Minha dor oculta tem me compelido a buscar mais a Deus. E essa medida tem sido como cavar um túnel secreto o qual, esperançosamente, me levará para fora da prisão de mim mesma. Neste túnel, Deus tem sido o ar, a luz e a direção. Ele tem sido o meu único guia, o Todo-Suficiente. Não há intermediários, nem distrações. Somos eu e Ele, a poucos palmos de distância um do outro. E em temor e tremor, sigo cavando o meu túnel e insistindo, num sussurro: Deus, não me deixe desistir aqui dentro. Permita, por tua misericórdia, que eu alcance o outro lado.      

 

ISM_Illus_181115

 


Luciana Mendes Kim

Um comentário sobre “Meu quarto escuro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s